fbpx
PolíticaRegião

Prefeito de Piedade suspende concurso público

Na terça-feira, 06, por meio do Decreto 54, o prefeito de Piedade de Caratinga, Adolfo Bento Neto, suspendeu o Concurso Público 01/2023, realizado no dia 28 de maio deste ano, até a conclusão das investigações que estão sendo encaminhadas pela Polícia Civil devido denúncia de ocorrência de fraude na realização das provas.

Entenda o caso
Em 26 de maio um vídeo foi enviado ao Ministério Público denunciando que ocorreria fraude no concurso público e informando nomes de candidatos que seriam beneficiados. Diante disso, o Ministério Público solicitou uma reunião com as presenças de representantes da Polícia Civil, do prefeito de Piedade de Caratinga, Adolfo Bento, e assessores.
No encontro foi estabelecido que a Polícia Civil fiscalizaria a aplicação das provas do concurso, proposta que foi prontamente apoiada por Adolfo Bento. Para se proceder a conferência das provas, em caso de se caracterizar a fraude, todos os gabaritos foram digitalizados.

Após a realização das provas, no dia 02 deste mês, o Ministério Público recebeu um e-mail informando sobre o vazamento das provas e gabaritos para os cargos de advogado do Centro de Referência de Assistência Social (Cras), de dentista protesista e de enfermeira especialista em estomaterapia. O e-mail trazia em anexo as provas em arquivo colorido, diferente das provas realizadas pelos candidatos, que estavam impressas em preto e branco.

A Polícia Civil passou a investigar candidatos suspeitos de terem fraudado o concurso. As análises das provas levaram a três candidatos que concorreram para os cargos de advogado do Cras, dentista e enfermeira que, como leva a crer, tiveram acesso às provas e gabaritos antes do dia do concurso. Os três acertaram 39 das 40 questões, errando a mesma questão, a de número 15, reforçando a suspeita de fraude.

A partir de então, na manhã de segunda-feira, 05, policiais da 2ª Delegacia Regional de Caratinga cumpriram oito mandados de busca e apreensão nos municípios de Caratinga, Piedade de Caratinga, Ipanema e Pocrane em residências de candidatos suspeitos de fraudar o concurso público para obtenção de mais provas e descobrir os envolvidos na fraude.

De sua parte, ainda no dia 05, a Prefeitura de Piedade de Caratinga emitiu uma nota informando ter disponibilizou toda a documentação solicitada pela Polícia Civil, visando colaborar para a conclusão das investigações.

Suspensão do Concurso
No dia seguinte à emissão da nota, diante da repercussão que o fato teve na imprensa de todo o País e com a proposta de dar total lisura ao processo, o prefeito Adolfo Bento publicou o Decreto 54, pelo qual determinou a suspensão do concurso público até que as investigações relativas à fraude sejam devidamente concluídas.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo