fbpx
BrasilMinas GeraisPolíticaRegião

Senador Alexandre Silveira fala sobre as eleições e propostas para a região

Na quinta-feira, 09, o senador Alexandre Silveira (OSD) concedeu entrevista ao jornal A Semana, quando falou de suas ações e dos projetos que pretende defender em benefício de Caratinga e região, bem como as propostas a serem desenvolvidas ao alcançar sua reeleição ao Senado Federal nas eleições deste ano.

Secretário do Diretório Nacional e presidente do Diretório Estadual do PSD, Alexandre Silveira fez uma análise de como deverá transcorrer as eleições em Minas Gerais.  “Acredito que será uma eleição muito disputada. Pesquisas divulgadas essa semana mostram exatamente isso. Nós temos hoje para o Senado, por exemplo, um quadro ainda muito nebuloso, sem saber ao certo quem serão os candidatos, com nomes ainda com o grau muito grande de desconhecimento. Para as eleições para deputado, será a primeira vez que nós vamos testar o modelo sem coligações para eleições proporcionais nacionais, o que tende a viabilizar a redução do número de partidos políticos, o que será muito positivo. Para o Governo do Estado, nós vamos ter a disputa entre o atual governador com o ex-prefeito da capital, Alexandre Kalil, que é muito querido na região metropolitana, mas ainda tem um alto grau de desconhecimento no interior do Estado. Então acho que vamos ter algumas emoções aí ao longo dos próximos meses. O que considero mais importante é que sejam eleições limpas, discutindo menos ideologias e mais as questões que afetam diretamente a vida das pessoas”.

O senador mostrou-se muito otimista quanto ao desempenho do PSD nas eleições em Minas Gerais, destacando a força que o partido tem. “O PSD já é hoje o maior partido do nosso Estado. Temos o ex-prefeito da capital, Alexandre Kalil, nosso candidato ao Governo do Estado; o atual prefeito de Belo Horizonte, Fuad Noman; dois senadores, dentre eles o Presidente do Congresso Nacional, o senador Rodrigo Pacheco; 10 deputados estaduais, inclusive com o Presidente da Assembleia Legislativa, o deputado Agostinho Patrus; quatro deputados federais muito atuantes, além de prefeitos, vice-prefeitos, vereadores, espalhados por toda Minas. Claro que se nos mantermos nesse patamar já será uma vitória magnífica. Mas acredito que vamos crescer ainda mais”.

Alexandre Silveira externou, ainda, a sua expectativa quanto ao desempenho do PSD nas eleições para deputados estaduais e deputados federais em Minas.  “Com uma chapa com grandes lideranças de todas as regiões de nosso Estado, vamos mostrar aos mineiros nosso trabalho, ideais e propostas. Temos a expectativa de fazer para o próximo ano pelo menos 14 deputados estaduais e oito deputados federais. Vamos, assim, com o apoio das mineiras e dos mineiros, continuar sendo o partido que mais cresce no Estado”.

Ele analisou as possíveis dissidências de deputados federais e estaduais do PSD que podem apoiar candidatos de outros partidos nas eleições deste ano. “Acho que isso é muito natural nesse momento ainda de conversas e indefinições. Nós temos que entender cada realidade regional, a área de atuação de cada parlamentar e a expectativa que cada um cria para sua campanha. Ainda temos dois meses para o início da campanha e o que temos que fazer é continuar dialogando e preparar nossas propostas para apresentar aos mineiros. No momento certo, tenho certeza de que estaremos unidos”.

Uma vez questionado, Alexandre Silveira falou sobre sua atuação como senador em benefício às regiões Leste e Vale do Aço. “Eu estou senador há apenas quatro meses, mas, felizmente, tenho conseguido apresentar bons resultados em favor de todas as regiões de Minas Gerais. E, é claro, até pela minha ligação histórica com essa região, o Leste e o Vale do Aço têm recebido uma atenção especial por parte do meu mandato. A região jamais viu o volume de investimentos federais que estamos conseguindo viabilizar por causa do trabalho que temos desenvolvido em Brasília. Só para Caratinga, o prefeito Dr. Welington é testemunha disso, destinei R$ 4 milhões para infraestrutura urbana e outros R$ 2 milhões para ajudar no custeio da saúde pública. Outros municípios da região também estão sendo atendidos: Bom Jesus do Galho, Bugre, Córrego Novo, Dom Cavati, Entre folhas, Iapu, Imbé de Minas, Inhapim, Ipaba, Piedade de Caratinga, Pingo-D’Água, Santa Bárbara do Leste, Santa Rita de Minas, São Domingos das Dores, São João do Oriente, São Sebastião do Anta, Tarumirim, Ubaporanga, Vargem Alegre, todos esses já foram contemplados com ações do nosso trabalho na área da saúde, que é uma das minhas maiores prioridades, ou na infraestrutura urbana e pavimentação rural.”

O senador não se furtou a analisar a recente declaração do prefeito de Caratinga, Dr. Welington de que estaria apoiando a candidatura do atual governador, Romeu Zema. “Eu tenho muito respeito pelo Dr. Welington, todos acompanham o excelente trabalho que ele tem feito por Caratinga, é um prefeito muito respeitado por todos e comigo, em especial, ele sempre teve uma relação muito próxima. Os prefeitos no geral têm intenção de manter boa relação com o governador, independente de quem seja, isso é histórico. Acredito que devemos dar tempo ao tempo. Como eu disse, ainda estamos distantes das eleições, que só vão ocorrer em outubro”.

Perguntado sobre iniciativas em favor de Caratinga e região em um segundo mandato como Senador, Alexandre Silveira foi criterioso. “Eu tenho muita humildade e muito pé no chão. Eu não quero contar com algo que ainda não existe. Como eu disse, estou há quatro meses como senador e os resultados para os municípios já tem sido sentido nesse curto período. Se eu merecer a confiança dos mineiros, os próximos 8 anos, no que depender de mim, serão muito positivos. Porque Caratinga e toda a região terão um senador para chamar de seu, alguém que conhece a região, sabe das nossas necessidades e que está muito disposto a lutar e trabalhar para melhoria dos serviços públicos e da qualidade de vida da nossa gente”.

Ao final da entrevista, ele falou da intenção em unir forças em prol de projetos voltados ao desenvolvimento socioeconômico de Caratinga e região. “Isso é independentemente de qualquer eleição. É claro que no cargo de senador a gente tem muito mais oportunidade de colaborar, como eu já tenho feito nesse período em que estou no Senado. Digo sempre, eu não acredito em política ideológica, em nós contra eles, em ficar discutindo por discutir. Eu acredito na política de resultados, naquela que resolve os problemas que precisam ser resolvidos. E isso só se faz com diálogo, com parcerias, com união. A minha intenção é fazer nossa região avançar. A nossa união pode fazer isso acontecer, viabilizando obras de infraestrutura, atraindo mais empresas, fortalecendo as atuais, gerando, com isso, mais empregos e fazendo a economia girar. É esse o ciclo virtuoso que eu desejo para Caratinga e para toda região e por isso que eu vou continuar trabalhando”.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo