fbpx
BrasilEsporteMinas Gerais

Galo leva virada do Atlético-GO e perde invencibilidade no Brasileirão

Em uma partida muito disputada, principalmente no segundo tempo, o Galo não soube aproveitar a sua superioridade e perdeu por 2 a 1, de virada, para o Atlético Goianiense na noite deste domingo,17. Com isso, o time de Cuca perdeu a sua invencibilidade de 18 jogos no Brasileirão Série A.

Derrotado, o Galo é líder com 56 pontos. Vitorioso, o time da casa venceu no Antônio Accioly após 10 rodadas jogando no estádio e assumiu a 10ª posição, com 34 pontos. Duelo foi válido pela 27ª rodada.

O jogo
O começo de partida já indicou que seria uma noite mais “quente”. Logo aos 4 minutos, aconteceu o lance mais comentado: Nacho Fernández tentou cruzar a bola na área, porém, o meia Baralhas interceptou a bola com o braço. Raphael Claus foi chamado para conferir o VAR, porém, nada marcou, o que causou a ira dos atleticanos.

Depois disso, o time mineiro parece não ter se abalado e continuou pressionando o adversário, porém, a criação não funcionou direito. Priorizando a esquerda, com Guilherme Arana no apoio, o Galo pouco chegou perto da meta de Fernando Miguel, com Hulk e Nacho apagados.

Sem lances de grande perigo, foi o Goianiense que chegou mais perto de marcar no primeiro tempo. Aos 33 minutos, Everson fez duas grandes defesas. Antes disso, outro lance envolvendo a arbitragem, mas não por erro: o lateral Guga escorregou na linha lateral e derrubou o árbitro assistente, que precisou de atendimento médico mas conseguiu voltar.

O segundo tempo foi totalmente diferente, muito mais movimentado. A etapa começou truncada, mas com o Galo pressionando. Aos 13 minutos, após cobrança de escanteio, o zagueiro Nathan Silva cabeceou pro fundo das redes, marcando contra o ex-clube.

Mas a alegria durou pouco. Aos 19, em um contra-ataque após saída errada de bola dos alvinegros, Marlon Freitas rolou para o atacante Janderson, que empatou em um chute rasteiro. Após isso, o jogo continuou movimentado, com os dois clubes conseguindo chegar mais ao ataque, mas com o Galo sempre superior.

Mas nada adiantou. Aos 35, após escanteio, Everson socou a bola, que sobrou para Oliveira, zagueiro que havia entrado para “fechar” mais o time, marcar e virar o jogo. Dragão 2 a 1. Como era esperado, o Atlético continuou com o jogo no campo oposto, com mais intensidade, mas nada adiantou. (Superfc)

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo