fbpx
EducaçãoPolíciaPolítica

Governo do Estado nomeia excedentes da Educação e policiais penais

Por meio da Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais (SEE-MG), o Governo de Minas Gerais publicou mais um lote com mil nomeações de excedentes do concurso público da Educação realizado em 2017. Além disso, o governo mineiro autorizou a convocação de mais candidatos para a 6ª etapa do concurso ao cargo de policial penal.

Educação
O terceiro lote deste ano, referente aos excedentes aprovados segundo o Edital nº 7/2017, foi divulgado na terça-feira,18, a partir da página três do Diário Oficial de Minas Gerais.
Serão ocupadas 500 vagas de Professores da Educação Básica (PEBs) e 500 vagas de Especialistas em Educação Básica (EEBs). Os cargos são para atuação em escolas estaduais de 128 municípios, de 44 Superintendências Regionais de Ensino.

1.000 educadores serão convocados

Para saber os próximos passos e consultar as orientações sobre perícia admissional e demais informações referentes ao ingresso na função, os profissionais nomeados podem acessar o site https://www.mg.gov.br/planejamento.
De acordo com a subsecretária de Gestão de Recursos Humanos da SEE-MG, Gláucia Ribeiro, o Governo do Estado se prepara para realizar um novo concurso ainda neste ano. “Estamos em andamento com um novo concurso público para este ano. Conforme o edital publicado em 31 de maio, o certame prevê cerca de 20 mil vagas na rede estadual de ensino, com início das inscrições a partir do dia 31 deste mês de julho”.

Novo concurso
O novo concurso para profissionais da Educação já está em pleno desenvolvimento. O Edital Seplag/SEE nº 3/2023 prevê cerca de 20 mil vagas para provimento dos cargos das carreiras de Professor de Educação Básica, Especialista em Educação Básica, Analista Educacional, Analista de Educação Básica, Técnico da Educação e Assistente Técnico de Educação Básica do quadro de pessoal da SEE/MG.

As inscrições estarão abertas de 31/07 a 29/08. As provas, de múltipla escolha e de redação, serão aplicadas nos dias 22 e 29 de outubro. A organizadora do concurso é a Fundação Getúlio Vargas (FGV).

Policiais Penais
O Governo do Estado também autorizou a convocação de mais candidatos para a 6ª etapa – Curso de Formação Técnico-Profissional (CFTP) – do concurso para atuação no Departamento Penitenciário de Minas Gerais (Depen-MG).
Pela internet, o governador Romeu Zema comentou sobre a sua decisão. “Para manter o Estado mais seguro, autorizei a convocação de 1.358 excedentes do concurso da Polícia Penal para a fase de Formação Técnico-Profissional. Após essa etapa, o efetivo irá somar esforços para garantir a ordem nas unidades prisionais, totalizando 3.505 profissionais”.

A convocação foi autorizada pelo Comitê de Orçamentos e Finanças (Cofin), da Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag). Vale ressaltar que duas turmas de profissionais aprovados e aptos no concurso já iniciaram o CFTP. Os novos convocados comporão a terceira turma.

A Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp) agora trabalha nos próximos passos da ação.
O cronograma do próximo grupamento será divulgado em breve, conforme declarou o secretário de Justiça e Segurança Pública, Rogério Greco. “A notícia de reforço do quadro de efetivos de policiais penais do Estado é importante para a categoria, para o sistema prisional mineiro, mas, principalmente, para a população, que ganhará reforço na segurança”.

Conforme previsto no edital do certame, o concurso da Polícia Penal de Minas tem validade de dois anos, a contar da data da publicação da homologação, podendo ser prorrogado por igual período, a critério da Administração.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo