fbpx
Caratinga

O sonho da fábrica de fraldas do Crie já é quase uma realidade

No início do próximo ano, o Conselho Renovar das Igrejas Evangélicas (Crie) finalmente estará realizando o sonho de inaugurar uma fábrica de fraldas e absorventes, a serem doadas a pessoas carentes e entidades assistências de Caratinga e região, como parte do projeto “Crie em Ação- Higiene Familiar”.
Como esclarece o advogado Carlos Roberto Baraky, secretário geral do Crie, a entidade foi constituída sem fins lucrativos e sem proveito econômico, iniciou suas atividades em novembro de 2020, tendo como objetivo ajudar na capitação de recursos e no desenvolvimento de ações sociais, serviço voluntariado, projetos e obras visando suprir as necessidades comuns e individuais de pessoas em situação de vulnerabilidade social.

Após realizar várias ações, como relata Baraky, o Crie está colocando em execução o “Crie em Ação- Higiene Familiar, a partir da montagem de uma fábrica para confecção de fraldas e absorventes, visando promover a doação e distribuição de fraldas infantis, geriátricas e para pós-operatório, além de absorventes femininos a instituições assistenciais e pessoas necessitadas.

A Fábrica
Para a montagem da fábrica, esclarece Baraky, o Crie recebeu do ex-presidente da Assembleia Legislativa de Minas Gerais, Adalclever, a máquina de produção, a máquina de esterilização e a máquina de embalar, que já estão instaladas no local onde a fábrica funcionará.

Nas últimas semanas, estão sendo treinadas e capacitadas as pessoas voluntárias e que trabalharão na produção, no serviço de cadastramento das pessoas e instituições que serão beneficiadas e as que ficarão responsáveis por fazer a entrega do material produzido aos assistidos.

Troco Solidário
Nesta iniciativa, o Crie está contando com o apoio do Grupo Soares Supermercados, que tem histórico de colaborar com causas sociais. Ao tomarem conhecimento do Crie em Ação – Higiene Familiar, a direção do Grupo decidiu implantar em suas duas lojas o programa “Troco Solidário”, pelo qual vem angariando recursos financeiros, por meio de uma parceria com alguns de seus fornecedores e do troco ofertado por seus clientes, que estão sendo totalmente destinado à iniciativa do Crie, para a aquisição de material para a confecção das fraldas e absorventes, além de outros gastos. A campanha está em andamento e deverá ser encerrada nos próximos dias.

Supermercado Soares é parceiro do Crie em “Troco Solidário”

O secretário do Crie falou como será feita a entrega das fraldas e absorventes. “Toda a produção de fraldas e absorventes será doada e entregues periodicamente nas residências das famílias que estiverem cadastradas. Sendo que no caso das fraldas infantis e geriátricas a entrega acontecerá duas vezes no mês para atender as crianças de zero a dois anos e aos idosos, que receberão pelo menos quatro unidades para cada dia de uso. Os absorventes femininos serão entregues conforme solicitação e necessidades das pessoas. As fraldas pós-operatório serão fornecidas aos interessados durante o período de internação e, também, durante o período de recuperação domiciliar”.

Muito satisfeito com o andamento do projeto, o presidente do Crie, Marcelo Benício, agradece aos seus colaboradores. “Nós estamos muito felizes com o acolhimento que o projeto recebeu e agradecidos com todas as pessoas que estão envolvidos nele, entre os quais as pessoas que se dispuseram a trabalhar de forma voluntária na realização deste sonho. Mas, seria injusto se não destacássemos a parceria do Soares Supermercados, que está destinando recursos para levar nossa proposta adiante. Também merece toda a nossa gratidão o Adalclever Lopes, cujo apoio está nos permitindo tornar realidade um sonho que, inicialmente, parecia muito distante”.

Marcelo acredita que outras pessoas e instituições também se engajarão no projeto. “O Crie acredita que existem muitas pessoas com espírito cívico e interesse em ajudar a construir uma sociedade melhor, com vontade de dedicar parte do seu tempo em trabalhos sociais sem receber qualquer tipo de remuneração, tendo vontade de contribuir para minimizar situações de fragilidade econômica-social. Esperamos e acreditamos que elas se unirão ao nosso projeto!”.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo