fbpx
CaratingaEducaçãoRegião

Alunos de Santo Antônio fazem intercâmbio cultural de língua inglesa

Projeto coordenado por Adriana de Azevedo Pena, professora de língua inglesa da Escola Estadual Antônio Penna Sobrinho, localizada no distrito de Santo Antônio do Manhuaçu, em Caratinga, possibilitou que cinco alunos do ensino médio participassem de um projeto de intercâmbio cultural online com alunos dos Estados Unidos e de outros países, no período de 20 de junho a 1º de julho deste ano.

Nesta iniciativa, quando foi desenvolvido o projeto de língua inglesa, tecnologia, inovação e projeto de vida “Além das Fronteiras”, Adriana Pena contou com a parceria de Rodrigo Abdalla, coach e consultor de marketing e negócios na empresa Silicon Soul em Palo Alto, Califórnia (EUA) e administrador da ONG Preserve Muriqui; Raj Barghava, professor da Universidade de Stanford – Vale do Silício – Califórnia (EUA) e Waverley Creations.

O projeto teve o tema MEP – Meaningful Entrepreneur Program (Programa significativo de empreendedorismo) e atendeu a alunos do Ensino Médio. Da Escola Antônio Penna Sobrinho, participaram do intercâmbio os alunos Cauã Carvalho da Silva, Clara Medeiros, Mateus Nascimento, Rayssa Moreira e Maria Madalena Pascoaline, que participaram do programa do Laboratório de Informática da escola, no horário de 13h30 às 17h30, pela plataforma Zoom.

De acordo com Adriana Pena, o curso teve como objetivo promover nos alunos o autoconhecimento, possibilitando a eles conhecer seus limites, potencialidades e criar o próprio Plano de Resiliência, e o incentivo ao empreendedorismo, motivando o protagonismo juvenil. “Estes objetivos contemplam as propostas do Projeto Jovem de Futuro, promovido pela Secretaria de Estado de Educação e ofereceu uma grande oportunidade para os alunos trabalharem seu projeto de vida, imergirem no idioma da língua inglesa, em contato com pessoas do mundo todo e, também, promoveu o uso das tecnologias, durante a realização das atividades”.

Como ela destaca, em uma outra etapa do curso, os alunos receberam suporte dos assistentes do professor Ray Barghava, fundador do curso, para criarem um protótipo de um produto novo, de algo que possa ajudar a solucionar um problema iminente no mundo. A equipe “Educação”, da qual participaram os alunos da Escola Antônio Penna Sobrinho, criou um aplicativo com planos de aula interativos e dinâmicos para dar suporte aos professores e oferecer uma ferramenta de fácil acesso para as suas aulas, contendo sugestões criativas a serem aplicadas durante as aulas. “O produto foi muito bem aceito e elogiado pela equipe de professores americanos e a ideia agora é colocá-lo em prática”.

Segundo Adriana, o curso se propõe a preparar jovens do Ensino Médio para conseguirem bolsas de graduação nas universidades americanas.

No entendimento da professora, os resultados esperados no plano de ação do projeto Jovem de Futuro foram atingidos, pois promoveu nos alunos participantes uma visão ampla do mundo, incentivando-os a descobrir suas próprias potencialidades e a acreditar que tudo é possível através de foco e dedicação.

A partir de agora, a meta de Adriana Pena e dos alunos da Escola Antônio Penna Sobrinho concluintes do curso MEP é buscar parcerias e levantar recursos para que eles possam apresentar pessoalmente o produto deles, conhecer a famosa e renomada Universidade de Stanford na Califórnia e realizar o sonho deles de conhecer de perto a universidade onde almejam estudar um dia.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo