fbpx
CaratingaEducaçãoEsporte

22 alunos recebem graduação no 12º Festival de Capoeira do Unec

Esse já é o 12º ano em que é desenvolvido o projeto de Capoeira dentro do curso de Educação Física do UNEC – mantido pela FUNEC. Por meio da disciplina de Lutas são trabalhados o Taekwondo e a Capoeira; e o curso sempre convida pessoas especializadas para serem parceiras.

“Nós temos a felicidade de ter o Mestre Fábio como parceiro. Ele foi nosso aluno – formado em Educação Física aqui pelo UNEC – e, recentemente, se tornou mestre em Capoeira. A gente desenvolve com ele este projeto, há 12 anos, onde ele capacita os nossos alunos a darem a iniciação na Capoeira (seja na escola, no clube, onde ele for trabalhar). Ou seja, é uma grande ferramenta que o nosso acadêmico tem para poder trabalhar o movimento com as pessoas.”, explicou o coordenador do curso de Educação Física, professor Vagner Maciel.

Professor Vagner Miguel

O Grupo Viva Capoeira tem uma relação muito estreita com a Educação Física do UNEC e ajuda a trabalhar a questão histórica. Esse grupo – que é muito reconhecido na cidade – traz todo esse contexto: “de onde viemos, a época da escravidão, como aconteceu, por que a Capoeira surgiu?”. Então, os traços culturais e sócio-históricos são estudados até os dias atuais. 

“Hoje é um momento em que a gente consegue concluir honrarias, que é a graduação, a corda, aos alunos que participaram, durante todo o semestre, das aulas de Capoeira.”, acrescentou o Mestre de Capoeira, Fábio Amorim, do Grupo Viva Capoeira. 

Na noite de quarta-feira,22, alunos receberam as cordas. Na 1ª graduação, os praticantes recebem a corda, onde demonstraram o que aprenderam: movimentos de ataque e defesa.

“É muito importante a gente vivenciar essas novas culturas, ter essas oportunidades aqui no curso. Nossa turma gostou muito da disciplina, está aproveitando bastante e o festival vem aí para coroar tudo isto, nos graduando e incentivando a continuar jogando Capoeira.”, pontuou o acadêmico do 3º período de Educação Física, Denner Andrade.

Denner Andrade

Os mestres Waldemar da Silva (Cavadeira) e Leandro da Silva (Zumbi) vieram de outros estados (ES e RJ) para participar deste momento mais que especial: “Foram de 7h de viagem. É muito amor pela Capoeira. É uma filosofia de vida.” “É muito difícil ver a Capoeira em alguns espaços. Saber que aqui tem Capoeira e com mais uma turma se graduando é gratificante.” (Assessoria Unec)

Mestre Caveira
Mestre Zumbi

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo