fbpx
BrasilPolítica

Pacheco e Lira pedem a Bolsonaro agilidade no acesso a vacinas e ações de recuperação econômica

BRASÍLIA – Os presidentes do Senado, Rodrigo Pacheco (Democratas-MG), e da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), entregaram, na manhã desta quarta-feira (3), ao presidente da República, Jair Bolsonaro, uma declaração conjunta onde solicitam ações emergenciais de enfrentamento à pandemia da covid-19, como o acesso pela população às vacinas, e medidas de recuperação econômica.

“O foco principal do nosso manifesto é o enfrentamento seguro, ágil e inteligente da pandemia com a disponibilização de vacinas. Vamos trabalhar pacificamente pela recuperação econômica do país com os projetos que sejam necessários para que possamos atingir esse objetivo”, disse o presidente do Senado, em pronunciamento à imprensa no Palácio do Planalto.

No documento, os presidentes do Legislativo defendem o retorno do pagamento do auxílio emergencial aos brasileiros durante a pandemia, mas em respeito ao teto de gastos do governo. Eles também afirmaram que o Senado e a Câmara se comprometem a discutir pautas que promovam a recuperação da atividade econômica em diálogo com o governo.

“O Senado Federal e a Câmara dos Deputados manifestam que trabalharão de forma conjunta, harmônica e colaborativa em todos os temas que possam facilitar e ajudar os brasileiros na superação do drama da pandemia, incluindo, sobretudo, a análise das possibilidades fiscais para, respeitando o teto de gastos, avaliar alternativas de oferecer a segurança financeira, por meio de auxílio emergencial para aqueles brasileiros e brasileiras que estejam enfrentando a miséria em razão da falta de oportunidade causada pela paralisia econômica provocada pela pandemia”, apontou no texto.

No encontro, Jair Bolsonaro entregou a Rodrigo Pacheco e Arthur Lira uma lista de projetos de interesse do Executivo, que tramitam no Congresso, sobre a pandemia, saúde, economia e reformas. Pacheco afirmou que buscará no comando do Legislativo cultivar a pacificação, a harmonia e a independência entre os poderes.

“Submeteremos as propostas aos nossos respectivos colégios de líderes, aos senadores e deputados, para que possamos apreciar a viabilidade da inclusão em pauta de cada um desses projetos”, afirmou Pacheco.

Mais cedo no Congresso, Pacheco e Lira reiteraram à imprensa que há um alinhamento comum dos compromissos feitos por eles durante a campanha às presidências do Senado e da Câmara. Entre os pontos convergentes estão as análises das reformas Tributária e Administrativa, e das PECs Emergencial e dos Fundos Públicos e Constitucionais. Os presidentes informaram que irão se reunir na noite de hoje (3) com o deputado Aguinaldo Ribeiro (PP-PB) e o senador Roberto Rocha (PSDB-MA), relatores das duas propostas que tramitam sobre o tema no Congresso.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo