fbpx
BrasilPolítica

Eleições no Senado e na Câmara terão votação atípica

Nesta segunda-feira, 1º, a Câmara dos Deputados e o Senado Federal escolhem os seus presidentes e demais membros de suas respectivas mesas diretoras em uma forma inédita, em decorrência da pandemia do coronavírus, com o objetivo de serem evitadas aglomerações.

Na Câmara, onde tradicionalmente a eleição acontece no plenário, foram distribuídas 18 cabines pelo Salão Verde, por onde costumam circular profissionais de imprensa e assessores dos parlamentares, além dos próprios deputados.

O prazo para a formação dos blocos partidários se encerrará às 12 horas e as candidaturas podem ser registradas até às 17 horas. A sessão que elegerá o próximo presidente da Câmara está programada para as 19 horas.

Diferente da Câmara, onde a votação é por sistema eletrônico, no Senado, a votação será manual, por meio de cédulas. A votação começará às 14 horas e, além das urnas no plenário, senadores dos grupos de risco da Covid-19 poderão votar por drive-thru, por cabines instaladas na entrada do Congresso Nacional.

Em ambas as casas, a votação é secreta, sendo eleito quem conseguir metade dos votos mais um. Caso não ocorra vencedor no 1º turno, no segundo turno, vence quem obtiver maioria simples.

Votação começará as 14horas

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo